Aparentemente, o jogo mais insano do planeta…

Você já ouviu falar do seu criador, Will Wright. Ele criou SimCity, por exemplo. Agora ele aparece com uma nova idéia que, aparentemente, é absurda. Spore, a ser lançado no final do ano que vem. Um jogo onde o jogador começa controlando uma forma de vida unicelular (em alguns sites até falam em criar essa forma de vida a partir do DNA) e, conforme ela vai evoluindo, vai adquirindo características que a ajudam a sobreviver no ambiente. Ela tem que comer, reproduzir etc. Depois que ela evolui, pode tornar-se uma criatura sociável. Então o jogador passa a controlar não os indivíduos, mas a sociedade (bem como em um RTS). Essas sociedades, então, podem interagir com outras sociedades, criadas online por outros jogadores. Uma dada hora, sua sociedade vai evoluir até ser capaz de explorar outros planetas dentro do seu sistema solar. Guerras pelas cidades dos outros jogadores, etc. Mas e se dentro do seu sistema solar não houver nenhum outro mundo habitável? Você pode criar condições de vida em outro planeta! Mas e se você não estiver a fim de criar condições de vida? Então você pode viajar para outro sistema planetário!!
O jogador terá então uma galáxia inteira para explorar, e em cada planeta dela poderá jogar como lhe aprouver, seja com os seres unicelulares, seja com as criaturas mais evoluídas.
Tem gente dizendo que será o melhor video game de todos os tempos.
Vale dar uma conferida no site (que tem uma animação de abertura muito legal, explicando o conceito), e nesse video que mostra um pouco do gameplay. Enjoy!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: