Um pouco de “Três Dimensões”


Uma coisa que percebi dando aulas de informática é que as pessoas têm um pouco de dificuldade em entender o que é uma imagem em 3D. É um tanto complicado de explicar mesmo, mas, imagino eu, a partir do momento em que você vê um exemplo, isso deveria ficar claro.
O melhor exemplo que se pode dar para explicar o conceito é abrir um software 3D e mostrar um objeto qualquer, que pode ser rotacionado em qualquer direção, que pode ser visto de qualquer ângulo, sem precisar redesenhá-lo.
Um dos melhores softwares 3D que eu já vi é o Blender (www.blender.org). O 3D Studio MAX também é poderoso, tem o Maya também, entre outros, mas o Blender salta aos olhos porque é software livre. Não custa nada, você pode baixá-lo diretamente do site oficial, em sua versão integral, sem sentir-se culpado pois não é pirata. Além disso, seu arquivo de instalação tem apenas 5 ou 6Mb, contra 4 ou 5 CDs (5 x 650 Mb) do 3DMax. Outra vantagem? Multiplataforma. Roda em Linux, Win, MacOS, Solaris e FreeBSD.
Vale a pena dar uma olhada na galeria (http://www.blender.org/cms/Gallery.55.0.html), sempre lembrando que nada do que está lá é fotografia: é tudo imagem gerada por computador.
Aliás, aqui vale outro parêntese: computadores não criam. Computadores não inventam NADA. É necessário, sim, a mão habilidosa de um artista manuseando o software, dizendo para ele como se portar, como gerar tal imagens, onde colocar as fontes de luz, que tipo de material tal objeto deve ter em sua superfície. Enfim, cada uma das imagens da galeria do site do Blender (assim como outras imagens em 3D), são fruto de dezenas e às vezes centenas de horas de trabalho de um ser humano, auxiliado por computador.
Mas o que se pode fazer com imagens em 3D? Por quê, afinal, a animação 3D é cada vez mais utilizada?
Vamos dar uma olhada em alguns exemplos. Todos eles são imagens geradas em algum software 3D.
Essa é do site Boring3D (www.boring3d.com). Essa bonequinha não existe no mundo real, ela nunca existiu e provavelmente nunca vai existir. Ela só existe na tela do computador, dentro do software que o artista utilizou para criá-la. Porém, quem diz que não pode ser uma foto? Este é um tipo de imagem 3D que vem ganhando o mundo. É uma imagem realista no que diz respeito à iluminação, sombras, materiais. Mas não é fotorrealista.Veja Jimmy Neutron, por exemplo, e você poderá entender melhor o que quero dizer.

Marv, o robô maníaco-depressivo de “O Guia do Mochileiro da Galáxia”. Filmes têm utilizado cada vez mais imagens 3D, misturadas com imagens reais. Este Marv não é um boneco, ou uma fantasia. É uma imagem em 3D. Veja os robôs dos últimos filmes Star Wars (Guerra nas Estrelas). Computação gráfica. Aliás, cenários, personagens, naves, robôs, tudo pode ser feito em 3D, desde que se tenha uma equipe boa, como a da Pixar (www.pixar.com), por exemplo (os caras que fizeram Toy Story, Monstros SA., Procurando Nemo, entre outros).
O que nos leva a outro tópico relevante: bom equipamento não garante que uma imagem em 3D seja boa, ou que um filme em 3D seja bom, ou ainda que um efeito especial feito em 3D seja bom. Basta comparar Dinossauros, da Disney, com Toy Story, da Pixar, por exemplo. Note, porém, que Dinossauros usa cenários reais, filmados de verdade, onde são inseridos os personagens feitos em 3 dimensões. Já a Pixar cria tudo que aparece em seus filmes em 3D. A partir do momento em que se entende isso, passa-se a exclamar “uau…” diante de cada um dos exemplos citados aqui.
E, pra terminar, mais um site com imagens (bem feitas) em 3D:
Internet Raytrace Competition (www.irtc.org): Concurso bimestral de imagens 3D, renderizadas com raytracing.

Anúncios

2 Responses to Um pouco de “Três Dimensões”

  1. Bonorino disse:

    Parabéns pela matéria…
    saiba que o 3D é parte de uma evolução nossa como SERES… HUMANOS… um complemento do nosso ser existencia-visual.

    Um abraço gaúcho pra ti !
    Bonorino

    ps. o Blender é realmente gratuito ? Posso usa-lo tranquilo ?

  2. Daniel Trezub disse:

    Obrigado!
    Às vezes eu me pergunto se o 3D é uma bênção ou uma maldição. Ainda não me decidi.
    Quanto ao Blender: sim, ele é totalmente gratuito, software livre e de código aberto. Pode usar sem medo de ser feliz :)
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: