Uma maneira de negociar.

Essa eu aprendi com o grande ilustrador Montalvo, não lembro onde, e pratiquei esses ensinamentos em algumas negociações com clientes, na época em que eu trabalhava como autônomo. É uma coisa simples, como todas as grandes idéias, mas que vale a pena conhecer.

Em uma negociação genérica cliente-fornecedor podem ser aplicados três fatores: o preço, a qualidade e o prazo. Eu apelidei esse trio de PQP.

Como fornecedor, deixe claro para seu cliente que ele pode determinar dois desses três fatores. O terceiro fica por sua conta. Se ele quiser determinar quanto vai pagar (preço) e para quando quer o serviço (prazo), então você determina a qualidade do mesmo. Se ele quiser determinar a qualidade e o preço, então você determina o prazo de entrega. E assim por diante.

Simples. E acreditem: os clientes em geral tendem a aceitar esse modelo. É justo para o cliente e para o fornecedor.

Como cliente eu acho que pode ser uma boa base de negociação, também, naqueles casos em que o fornecedor mostra-se irredutível em algum desses três pontos. Nunca tentei, mas não acho que alguém recusaria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: