Locadoras de games e pirataria

O Continue fez um post sobre uma nova onda de locadoras de games que está chegando a São Paulo e, em breve, ao resto do Brasil. Logo em seguida, fizeram uma entrevista com cada uma das locadoras citadas.

Obviamente a questão da pirataria foi abordada. Eu já falei sobre a pirataria aqui, mas sempre tem-se alguma coisa a acrescentar.

Das três locadoras, as respostas para a pergunta sobre a pirataria foram bem diferentes. Uma afirmou que a solução depende do governo, revendo a questão tributária sobre a indústria. Outra afirmou que o governo tem que colaborar e que tem que haver maior pressão sobre quem pirateia. E a terceira falou que a solução é unicamente intensificar as ações sobre a pirataria. Resumindo:

1. a culpa é toda do governo.
2. os culpados são o governo e os jogadores.
3. a culpa é toda dos jogadores.

Será que nenhuma delas considera que a própria indústria tem sua parcela de culpa nessa história? Será que o fato da indústria querer cobrar aqui o mesmo preço base que cobra nos EUA ou Europa não faz parte do problema também? Enquanto a Nintendo, a Sony e a Microsoft insistirem em querer vender console pelo mesmo preço que nos EUA não vai ter política cambial que resolva a pirataria.

Fazendo umas contas básicas:

Nintendo Wii sendo vendido a US$250,00 nos EUA. É o equivalente a 74 Big Macs
Nintendo Wii sendo vendido a US$730,00 no Brasil. É o equivalente a 186 Big Macs.

O imposto atrapalha bastante, com certeza. Mas se as empresas baixarem um pouco o preço de seus produtos o imposto acompanha.

Mas a melhor parte das entrevistas ainda estaria por vir: uma das empresas afirmou que “poderemos resgatar muitas pessoas que hoje utilizam jogos piratas”. O que?? Estamos falando de viciados em crack e heroína, será?

Não é a pirataria que é a causa de um mercado pobre, é o mercado pobre que é a causa da pirataria. Se as indústrias e o comércio se unissem para pressionar o governo para baixar os impostos E se eles se reunissem para baixar os preços ridículos que cobram de seus produtos por aqui, a pirataria não existiria. Vide o caso da Microsoft que baixou o preço do Vista na China e milagrosamente começou a vender.

É simples: baixem o preço que a gente compra. Continuem querendo ficar ricos vendendo uma cópia de jogo e a gente vai continuar baixando da net e destravando consoles. Simples assim.

Hoje é mais barato comprar jogos no eBay do que em lojas aqui. Será que o problema é mesmo o jogador?

Uma resposta para Locadoras de games e pirataria

  1. Fabio Bracht disse:

    Realmente, comprar jogos no eBay geralmente sai pela metade do preço, Às vezes um terço. Todos ficam na faixa dos 100~150, novos, já com frete. Lançamentos, né, porque se for jogo mais velho dá pra pegar por menos de 100 tranquilo.

    A pirataria é um assunto tão insuportável e infinito que prefiro evitar entrar nele sempre que posso. Mas é sempre bom quando se toca no assunto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: